Quer saber como a soja é plantada e cultivada? Ela é uma das mais importantes culturas de cultivo no país, tanto em produção, produtividade e área plantada.

Quando o assunto é exportação, a soja é a principal fonte de renda do Brasil e dos produtores rurais, tanto que lidera o ranking de produtos mais exportados há mais de 22 anos, ou seja, desde de que o Brasil passou a registrar e divulgar os dados de vendas ao exterior; graças a dedicação e estudo dos produtores rurais, que cultivam a soja, cada vez mais de forma profissional.

Nos últimos anos a cultura vem ganhando ainda mais espaço, devido a rentabilidade quase garantida das lavouras. O clima, as pragas, as plantas daninhas e os agroquímicos que deixaram de funcionar são os fatores limitantes.

Enquanto isso, os preços atrativos, as áreas degradadas, o surgimento de sementes resistentes a problemas e a alta demanda pelo produto, são os pontos mais atrativos para quem busca cultivar ou comercializar soja.

Quer saber mais sobre como a soja é plantada e cultivada? Confira.

Plantação de soja: Produtividade x Área

Nos últimos anos a pesquisa brasileira tem alertado para a importância de se ampliar a produtividade, não só para gerar uma rentabilidade maior por hectare, mas também porque a oferta de novas áreas começa a chegar no limite.

As áreas com pastagens degradadas ainda apontam uma opção para a agricultura avançar em termos de área, mas isso depende da adaptação do solo em áreas sem histórico com agricultura, ou seja, o montante a ser produzido começará pequeno e avançará mais lentamente do que em áreas já consolidadas.

Existem técnicas e cuidados que podem ajudar nesse processo de produção em grande escala pela qual a soja brasileira vem passando. Confira abaixo algumas dicas:

Dicas de como plantar soja

Plantio direto

O plantio direto não se resume ao uso de uma plantadeira capaz de semear sobre resíduos de palha, mas sim algo bem mais complexo. Para se conseguir efetuar um sistema de produção eficiente e produtivo, é preciso entender que há uma diferença bem grande entre a sucessão e a rotação de culturas.

O primeiro se refere a um revezamento quase que contínuo entre duas culturas apenas, em alguns estados sendo a soja e milho, em outros a soja com o algodão e por fim a soja e o trigo. Já a rotação prioriza o uso de mais culturas, para levar ao solo nutrientes diversos, cobertura de palha e abertura do solo pelo enraizamento.

Correção do solo

Após o entendimento de que, antes de mais nada, é preciso rotacionar as culturas a serem plantadas, o segundo passo é a análise e correção do solo. Este é considerado um ponto importante pela pesquisa, pois define exatamente o que falta ao solo e o que precisa ser adicionado.

A análise do solo é o primeiro passo para fazer a adubação nas lavouras de soja e é considerada por engenheiros agrônomos, pesquisadores e especialistas um dos melhores investimentos para a agricultura moderna.

O manejo adequado dos nutrientes faltantes traz economia no adubo e incremento na produtividade da soja.

Usar sementes de qualidade

Depois de corrigir o solo, a atenção dos produtores se volta ao principal insumo para a safra: as sementes. As sementes de alto vigor podem render até 10% mais na produtividade de uma lavoura de soja.

A escolha de uma semente de qualidade é o primeiro passo para quem quer garantir mais sacas de soja por hectare. A escolha errada tem reflexo direto no bolso do agricultor.

Em tempos de custos elevados e preços baixos, muitos produtores acabam apostando em sementes piratas. Segundo a Associação Brasileira de Sementes (Abrasem) 35% das sementes comercializadas no Brasil são piratas. A situação preocupa as instituições que desenvolvem pesquisas de novas variedades.

Salvas ou não, para manter a qualidade da sementee, o sojicultor precisa assegurar alguns cuidados com o tratamento e o armazenamento de seu insumo,  não adianta fazer o tratamento adequado e armazenar o insumo de qualquer maneira, sob condições que não favorecem a manutenção da qualidade da semente.

Plantio e métodos

Muito já se falou sobre os malefícios do plantio convencional, ou seja, com o preparo primário do solo, realizado com arados ou grades pesadas, remexendo as camadas inferiores e superiores de terra.

De maneira geral, o ideal é fazer uso do plantio direto, uma das estratégias mais eficazes para melhorar a sustentabilidade da agricultura em regiões tropicais e subtropicais.

O plantio de soja é considerado um dos processos mais importantes da safra, influenciando diretamente na produtividade e nos lucros. Por isso, a manutenção e os reparos dos maquinários são fundamentais. Atualmente encontram-se disponíveis no mercado diversas plantadeiras e tanto as novas quanto as usadas precisam de cuidados antes de entrar em campo.

Cuidado com as pragas

A cultura da soja no Brasil é atacada por dezenas de pragas todos os anos, trazendo ao setor produtivo muitos prejuízos. Com isso, a Embrapa Soja realizou um levantamento listando as principais pragas da sojicultura.

Entre elas, o destaque fica por conta do percevejo-marrom, que é um dos mais abundantes na cultura e também requer mais atenção. As lagartas e a mosca branca também trazem muita preocupação. O clima tem grande influência sobre o nível de infestação na área, pois cada praga se adapta melhor a uma temperatura e a um nível de umidade.

A boa notícia é que existem diversos métodos para combatê-los. Desde cultivares resistentes ou tolerantes, refúgio sanitário e defensivos químicos e biológicos.

Um passo importante após a colheita é armazenagem dos grãos, que auxilia no controle de pragas. Para saber mais sobre armazenagem de grãos, falamos mais sobre isso em outro artigo, só clicar aqui.

Como a soja é plantada e cultivada: conclusão

Restou alguma dúvida sobre como a soja é plantada e cultiva? Ou sobre sua armazenagem e venda, talvez? Entre em contato com a gente da Gran Milho pelos telefones (34) 3662-5816 ou (34) 99311-1139 e confira nossas soluções.

Temos mais de 10 anos de mercado, ajudando agricultores e compradores a encontrarem as melhores soluções para suas necessidades. Aqui aliamos experiência e cuidado com os produtos para conseguir, cada vez mais, resultados positivos na agroindústria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.