Para que uma boa colheita seja garantida, todo produtor sabe que é muito mais que apenas jogar uma semente na terra. E um dos fatores que influencia na produtividade é a qualidade do solo, a saúde dele gera um grande impacto na colheita. Um solo saudável leva água e nutrientes necessários ao cultivo, recicla a matéria orgânica, faz a filtragem dos poluentes e auxilia no controle das pragas. Por isso é indispensável saber mais sobre o solo e como manter a qualidade dele… Siga com a leitura e entenda como saber se o solo da lavoura está saudável.

Solo saudável

Alguns fatores são extremamente importantes para avaliar a qualidade do solo, ao fazer uma análise desses fatores, você consegue identificar se o solo da lavoura está saudável, garantindo que o cultivo será bem-sucedido.  Listamos aqui algumas dicas para essa análise.

  1. Fatores Físicos

Os fatores físicos, são extremamente importantes, pois estão ligados como as partículas são formadas e distribuídas. Dessa forma, é indispensável considerar esses fatores no momento da avaliação, os principais fatores podem ser: textura, densidade, porosidade, capacidade de armazenamento de água disponível, estabilidade de agregados, entre outros.  Ao fazer a análise desses quesitos, você já consegue identificar se o solo está saudável e se o cultivo será bem sucedido. Os fatores físicos quando estão desequilibrados, afetam de maneira significativa a produtividade da lavoura.

  • Fatores químicos

Aprender e entender química é de extrema importância se você quer analisar o solo com vigor. Os fatores químicos são essenciais para entender como anda a fertilidade do solo. As características químicas e biológicas do solo influencia diretamente na relação deles com a produção em si. Como a qualidade e quantidade de água, além de nutrientes disponíveis às plantas e demais necessidades para o equilíbrio do ecossistema. Alguns fatores químicos que devem ser analisados são: PH, salinidade, troca de cátions, capacidade de suprimento de nutrientes às plantas, concentração de elementos potencialmente contaminantes como metais e radioativos e a concentração de micro e macronutrientes.

Até aqui vimos que existem inúmeros fatores que devem ser considerados e para qualificar o solo e é de extrema importância saber como cada fator se relacionam entre si. Porque se houver um indiciador em desequilíbrio, pode gerar um reação em cadeia prejudicial ao plantio.

Mas como é possível analisar tantos indicadores?

É muito importante levar uma amostra do solo a um laboratório especializado, lá eles podem te dar uma análise criteriosa do solo, já que em sua maioria tem equipamentos qualificados para analisar cada fator. A partir disso, você conseguirá traçar uma estratégia para realizar o plantio ou restabelecer a saúde do solo.

Como manter a qualidade do solo?

Algumas práticas simples influenciam na saúde e qualidade do solo.

O preparo da área de plantio é uma delas, deve-se começar escolhendo um local adequado, isso inclui locais que tenha luminosidade e disponibilidade de água para irrigação, assim poderá preparar o solo levando em conta os fatores físicos, químicos e biológicos.

Entre outras práticas, destacam-se técnicas de irrigação, plantio direto, adubação de nutrientes, diversificação e rotação de culturas e gessagem do solo. 

Para manter a saúde do solo é importante fazer o acompanhamento constante para prevenir possíveis problemas com o plantio. Dessa forma, quanto maior o conhecimento sobre os fatores que interferem no processo, melhores serão os resultados.

Quer saber mais sobre dicas de plantio? Entendeu como saber se o solo da lavoura está saudável? Siga nosso blog e fique por dentro de assuntos relacionados ao agronegócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.