A  segunda safra, também conhecida como safrinha, é o segundo período de cultivo de culturas agrícolas no ano. Se a safra é o período de plantio e colheita, a safrinha vem no seu encalço e também representa um importante período da produção rural.
E esta segunda safra é que está sendo comprometida quanto ao seu desempenho diante da falta de chuvas no Brasil.  O tempo seco já está prejudicando as lavouras de milho no Sudeste e Centro-Oeste que sofrem com a estiagem e a frustração no desempenho das plantações deste cereal.
No sul chove bastante, o que também não é bom sinal para o milho, um grão equilibrado que se ressente com sequidão demais ou índices pluviométricos muito altos.  Nesta região só o Paraná vai bem neste quesito, com índices acumulados de aproximadamente 15 mm e é por isto que os números neste estado estão demonstrando uma safrinha recorde.
Ao contrário, há municípios do Mato Grosso em que não chove há mais de trinta dias, contribuindo para diminuir a estimativa e a expectativa da segunda safra de milho naquela região, que sai de um desempenho bem sucedido no que se refere à Soja, com números recordes. Esta estiagem precoce também está causando estragos em Rondônia e no nordeste.

É preciso atenção! Continue seguindo nosso site e acompanhe mais notícias sobre esse assunto…

fonte: https://www.canalrural.com.br/projeto-soja-brasil/falta-chuva-centro-oeste-sudeste-previsao-segunda-safra/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.