Intervalo entre uma safra e outra, entre um período de colheita e o próximo ou o período em que determinado produto agropecuário deixa de ser produzido, provocando aumento do seu preço no mercado são algumas das definições para entressafra, mas o produtor rural sabe que sua “valia” é muito maior que isso.

Período de entressafra

Todo produtor rural sabe como é importante planejar bem a utilização da sua propriedade ao longo do ano. A forte sazonalidade que acomete o agronegócio — especialmente por questões climáticas e pelas especificidades de determinados cultivos, torna o planejamento estratégico muito importante.

Em períodos de entressafra, por exemplo, o agricultor pode buscar alternativas para manter o solo em uso e gerando renda, ainda que de modo auxiliar.

A entressafra se estende do pós-colheita até o início do novo plantio. Nesse período, alguns agricultores plantam culturas anuais de ciclo curto, que apresentam potencial de desenvolvimento mesmo em condições climáticas precárias. O objetivo do agricultor é conseguir renda extra em épocas desfavoráveis à cultura principal. Para ele, solo sem atividade agrícola é dinheiro perdido.

Contudo, as culturas costumam se desenvolver em ciclos, de modo que entre a colheita de uma safra e um novo ciclo de plantio pode ser necessário aguardar um período de tempo para que o solo se recupere e/ou para que as condições climáticas necessárias surjam. Esse espaço de tempo entre um plantio e outro é o que se chama de entressafra.

Sabemos que o homem do campo, especialmente o pequeno produtor, necessita de sua produção para sobreviver e, por isso, a entressafra pode ser um momento difícil, pois a terra fica improdutiva durante algum tempo e não gera renda.

Boas alternativas

Ao final do ciclo de uma safra e a colheita realizada, o solo necessita de descanso — no entanto, é possível manter a propriedade produtiva. Nesse contexto, uma estratégia interessante é realizar o plantio de sorgo, por exemplo.

Precisando de mais informações sobre o assunto?? Segue abaixo uma matéria de nosso blog inteirinha sobre Sorgo…

Quando inicia a safra de sorgo no Brasil?

O sorgo tem sido uma alternativa muito utilizada entre os produtores de cana-de-açúcar, servindo de complemento para a safra. Como o plantio do sorgo tem um ciclo mais rápido — em média 110 dias —, há uma grande vantagem para todos os tipos de produtores, que podem obter retornos rápidos em momentos de ociosidade das terras.

Assim como outras plantas, o sorgo pode ser cultivado na entressafra e permite manter o solo em atividade, recompondo nutrientes, mantendo a sua cobertura e evitando o surgimento de pragas.

Além disso, o produtor pode vender a sua produção para usinas de produção de etanol, obtendo um lucro extra e ainda ajudando a manter a indústria de combustível em atividade em períodos de escassez de cana-de-açúcar, sua principal matéria-prima.

Conseguiu entender o que é a entressafra? Gostou da nossa dica em relação a lavoura de sorgo? Deixe seus comentários e continue seguindo nosso blog.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.