O termo safrinha é muito comum no meio rural, e está associado às culturas anuais, à época do ano agrícola em que será feito o plantio das culturas e, também, à produtividade esperada. 

Na safra, o plantio é feito quando as chuvas voltam e vai de outubro a dezembro, como no caso do milho. Nessa época, as condições climáticas – temperatura, luminosidade e umidade – são as melhores para o desenvolvimento das culturas. 

Por isso, em geral o produtor investe mais na safra, pois há um potencial produtivo e de retorno financeiro maior.

A safrinha vem logo após a safra e foi assim apelidada, no diminutivo, porque a produtividade era geralmente menor, devido a condições de luminosidade, além dos riscos de veranico, por exemplo.

O que plantar na safrinha??

Entre as culturas indicadas para a safrinha estão o milho, em maior predominância, o sorgo granífero, o sorgo forrageiro, o sorgo duplo, o girassol, o feijão, a canola, o amendoim, o arroz e o milheto, variando de região para região a percentagem de área ocupada por cada uma.

Falaremos um pouco mais sobre o cultivo do milho, pois atualmente o milho safrinha deixou de ser coadjuvante no cenário nacional. A produtividade média dessa lavoura, é semelhante à da safra, mas a produção e a área plantada são bem maiores.

Quando se planta o milho safrinha?

O plantio do milho safrinha ocorre entre janeiro e abril para as maiores regiões produtoras, podendo variar de acordo com cada lugar do país.

Na safrinha do milho as condições climáticas não são perfeitas, dessa forma, os produtores de milho estão sujeitos a algumas adversidades, como menor quantidade de luz, temperaturas mais baixas e menos chuvas.

Colheita do milho safrinha

O momento certo para a colheita do milho também irá interferir diretamente na produtividade da sua safrinha. O ideal é que a colheita seja feita no chamado ponto de maturidade fisiológica, em torno de 120 à 140 dias depois do plantio, que é quando a semente apresenta uma pequena manchinha preta na inserção dos sabugos. Depois dessa fase, o milho começará a utilizar o seu próprio amido para se manter vivo.

Colher antes do ponto de maturidade também não é uma boa ideia, já que provavelmente você estará colhendo um grão mais úmido que o recomendado. Nestes casos, o milho safrinha ainda deverá passar por um processo de secagem para aí sim ser armazenado.

As estimativas para a safrinha do milho 2021 se mantêm elevadas, atingindo 82,64 milhões de toneladas do grão. Esse índice de produção estimado para a safrinha de milho em 2021 é 10,18% superior ao observado no mesmo período do ano anterior.

Caso o cenário se mantenha, a produção total de milho na safra 2020/21 pode chegar próximo de 110 milhões de toneladas. E a maior parte dessa produção total dependerá do milho safrinha.

Os números são bem positivos, não é mesmo??

Continue seguindo nosso blog e fique por dentre desse e outros assuntos relacionados ao agronegócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.