O que são commodities rurais? Commodity vem do inglês e originalmente tem significado de mercadoria. Esse termo está relacionado com produtos que funcionam como matéria-prima, produzidos em escala e que podem ser estocados sem perda de qualidade, como petróleo, suco de laranja congelado, boi gordo, café, soja e ouro. Dessa forma seu preço é determinado pelo mercado mundial como uma consequência da oferta e demanda.

Quer vender milho e soja? Nós compramos, clique aqui para entrar em contato.

As commodities possuem alto nível de comercialização e têm grande importância no mercado internacional. Elas podem ser divididas em diferentes categorias, como agrícolas, ambientais, e minerais. Alguns exemplos comuns de commodities são milho, café, soja, trigo, algodão, madeira, água, petróleo, gás natural e ouro.

O que são commodities rurais?

Commodities rurais (ou commodities agrícolas) constituem a base de desenvolvimento da economia brasileira e mundial, tendo em vista que são mercadorias indispensáveis para a sobrevivência humana.

Por serem tão importantes, elas são negociadas como um ativo financeiro, embora a unidade de medida em cada uma delas remeta à mercadoria física.  Ou seja, quando você compra e vende uma unidade de soja, por exemplo, não é o produto em si que está sendo negociado, mas o seu valor de mercado.

Uma commodity agrícola é, essencialmente, uma mercadoria que resulta da prática agropecuária e, portanto, submetida a um grau mínimo ou inexistente de industrialização.

Ela também é um produto homogêneo. Como assim? É que não há diferenças entre o que se produz mundo afora. A soja, por exemplo, é sempre a mesma, seja ela produzida no Brasil ou na Argentina. O mesmo vale para mercadorias como café, açúcar, milho, entre outros, embora seja possível ver diferenças na qualidade de uma pra outra.

Como são produtos fundamentais, já que não há sociedade que sobreviva sem eles, temos, então, um mercado de abrangência global.

Mas isso não significa que essas commodities agrícolas estejam eternamente em alta. Como todo ativo negociado em bolsa, o valor de um produto oscila, dependendo de fatores como decisões governamentais e do próprio movimento do mercado.

Exemplos de commodities rurais

O simples fato de ser um gênero agrícola não faz de um produto uma commodity.

Ameixas, por exemplo, embora sejam produzidas em larga escala, não são essenciais para a subsistência e, por isso, não têm valor estratégico. Por mais que sejam saborosas e indispensáveis no Natal, o fato é que poderíamos viver sem elas.

O que diferencia uma commodity de um gênero alimentício é justamente o alto valor de mercado que possui por ser um produto para diversos fins.

Algumas commodities rurais apresentam uma outra característica fundamental: a partir delas, podem ser fabricados diversos outros produtos. É o caso da soja, milho, trigo e algodão.

Já outras são tão largamente consumidas que, até mesmo tendo bens substitutos, seus mercados continuam gigantescos. Café, suco de laranja e carne são alguns exemplos de commodities rurais desse tipo.

Commodities rurais mais negociadas

Hoje, as commodities agrícolas negociadas na B3, a Bolsa de Valores, com sede em São Paulo são:

  • Boi Gordo;
  • Café Arábica 4/5;
  • Café Arábica 6/7;
  • Açúcar Cristal;
  • Etanol Hidratado;
  • Etanol Anidro;
  • Soja;
  • Milho;
  • Petróleo;
  • Ouro.

Importância das commodities para o Brasil

De acordo com um levantamento de 2019 da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), as commodities representam 63% do valor das exportações brasileiras. Essas exportações equivalem a 6,7% do produto interno bruto (PIB) brasileiro, segundo a UNCTAD.

De acordo com a UNCTAD, países em que as exportações de commodities superam 60% das exportações totais em termos de valor já são considerados como dependentes desse tipo de mercadoria.

Quem ganha destaque na produção nacional são as commodities agrícolas e minerais, já que no Brasil existe riqueza de recursos naturais e um território de tamanho continental.

Em períodos de crise ao redor do mundo, o Brasil acaba sendo afetado justamente devido à baixa nos valores de commodities. Em compensação, em períodos de economia crescente, o país se beneficia por causa da elevação da demanda.

Interessante não é mesmo? Agora você sabe o que são commodities rurais e sabe que seu produto pode ser negociado no mundo todo. Para saber mais, tirar dúvidas e etc. comente aqui em baixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.