Aproveitando que estamos em plena época da plantação desse tubérculo tão versátil, hoje vamos falar por aqui sobre qual a melhor forma de plantar batata… Siga com a leitura!

Batata

A batata, também conhecida como batata-inglesa, apesar de sua origem ser as regiões andinas do Peru e da Bolívia, é um dos principais alimentos de origem vegetal cultivados no mundo, sendo apenas menos cultivada que a cana-de-açúcar, o milho, o trigo e o arroz.

A batata propriamente dita é um tubérculo, ou seja, um órgão de armazenamento de nutrientes desenvolvido nos rizomas da planta, que por sua vez são caules que crescem abaixo do solo. Estes tubérculos são ricos em amido, contendo além dos carboidratos, uma quantidade razoável de proteínas de alta qualidade, potássio e algumas vitaminas

A batateira é uma planta que pode atingir de 30 cm a cerca de 1 m de altura. Suas flores podem ser brancas, rosas ou violetas, seus frutos têm 1 ou 2 cm de diâmetro e contêm algumas centenas de sementes.

Atualmente há mais de quatro mil variedades cultivadas de batata, com grande variação nos tubérculos, principalmente de tamanho, forma, cor interna e externa. A quantidade de solanina e chaconina também pode variar bastante, com algumas cultivares contendo muito pouco destes alcaloides a cultivares contendo o suficiente para serem amargas e potencialmente tóxicas. A maioria das cultivares apresenta uma concentração de alcaloides abaixo de 200 mg/Kg, e são assim consideradas seguras para o consumo.

Plantio

O primeiro passo para plantar batata é escolher a cultivar que mais atende às suas necessidades. Isso porque existem diversas espécies desse tubérculo e elas são indicadas para preparos diferentes, pois têm características distintas

Plantações comerciais fazem o plantio de batata com as assim chamadas batatas-sementes certificadas, que tradicionalmente são batatas cultivadas em regiões livres de doenças que afligem a batateira. Geralmente essas regiões são sujeitas a invernos rigorosos, onde o solo congela no inverno, matando insetos vetores de viroses e patógenos que causam doenças. Atualmente as batatas-sementes certificadas também podem ser obtidas de plantas cultivadas com técnicas modernas em ambiente controlado.

Em hortas domésticas o plantio pode ser realizado com batatas que não apresentam sinais de doenças. O ideal é deixar as batatas em ambiente bem iluminado até que os brotos (ou rebentos) cresçam (cada olho do tubérculo produz um broto ou rebento). As batatas podem ser plantadas quando os brotos atingem aproximadamente 2 cm de comprimento.

É possível utilizar tanto batatas grandes cortadas quanto batatas de qualquer tamanho inteiras. Batatas grandes podem ser cortadas para produzir mais plantas, bastando deixar pelo menos dois olhos ou brotos por pedaço. Os pedaços devem ser deixados em ambiente arejado ao menos por um dia para que as superfícies dos cortes sequem antes do plantio.

Algumas cultivares de batata podem também ser cultivadas a partir de sementes retiradas do fruto da batateira, que são plantadas em sementeiras e posteriormente transplantadas quando têm pelo menos 4 folhas. Plantas originadas por sementes demoram mais pra crescer e produzir, além de não apresentarem a uniformidade obtida pelo plantio de tubérculos, razão pela qual o plantio por sementes é normalmente utilizado somente para a obtenção de novas variedades.

Gostou de saber qual a melhor forma de plantar batata? Continue seguindo nosso blog e fique por dentro de notícias, curiosidades e atualidades relacionadas ao agronegócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.