Quando inicia a safra de milho? O Brasil é um dos principais produtores de milho do mundo, e não à toa, os números são animadores: o milho deve atingir, na safra 2021, 34,5 milhões de toneladas exportadas, enquanto a exportação de soja deve ficar em 82 milhões de toneladas e subir 3,7% na safra 2020/21, chegando a 85 milhões de toneladas, conforme estimado pela Conab.

Você é produtor rural e quer vender ou armazenar sua safra? Entre em contato com a gente clicando aqui.

Quer saber quando inicia a safra de milho no Brasil? Confira.

Início da safra de milho

O produtor rural brasileiro deve se preparar com antecedência para o plantio ou para a colheita das principais culturas nas diversas regiões do Brasil. Para isso, é preciso ter em mente as datas de início e fim dos ciclos.

Milho, primeira safra

O plantio do milho primeira safra começa, na maioria dos estados, em setembro e segue até dezembro. A colheita vai de fevereiro a junho.

As datas de plantio e colheita variam bastante na região nordeste, na qual cada estado começa a plantar e a colher em meses diferentes.

Milho, segunda safra

Já o milho segunda safra, nas regiões centro-oeste e sudeste, é plantado entre janeiro e março e colhido entre maio e setembro.

Nas demais regiões, o plantio varia entre os meses de janeiro e julho e a colheita entre maio e dezembro.

Regiões que plantam milho

O milho é cultivado nos mais amplos ambientes. Porém, essa espécie apresenta alguns requisitos básicos quanto à temperatura e disponibilidade hídrica em períodos chaves.

Desse modo, se seguirmos esses requisitos, teremos mais chances de garantir o potencial produtivo da cultivar escolhida.

Na semeadura, por exemplo, o ideal é que a temperatura do solo esteja acima dos 18℃ e abaixo dos 35℃. Isso visa garantir uma germinação uniforme e a atividade das enzimas relacionadas ao ciclo do nitrogênio no solo.

Temperaturas noturnas maiores que 24℃ aumentam o gasto energético da planta, diminuindo o saldo de fotoassimilados que são destinados ao desenvolvimento.

Altas temperaturas noturnas podem reduzir o ciclo da planta também, o que pode afetar diretamente no potencial produtivo da cultivar!

Quanto ao requerimento hídrico, o milho necessita entre 400 mm e 600 mm ao longo de seu ciclo.

Sendo que o período mais crítico está 15 dias antes e 15 dias depois do emborrachamento (aparecimento da inflorescência masculina). 

E aí respondemos todas as suas dúvidas? Continue seguindo nosso blog e fique por dentro de várias ficas do setor mais importante do nosso país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.