O gás metano é bastante conhecido no mundo rural porque as vacas os produzem durante a digestão. E ele é o responsável, também, pelo aquecimento global deflagrado pelo efeito estufa.

Mas as vacas não são as únicas vilãs. O metano também é produzido da decomposição de resíduo orgânico em aterros e lixões, processos industriais e vulcões, além da utilização de combustível fóssil. As refinarias de petróleo o produzem mais diariamente do que um rebanho de vacas o ano inteiro. Mas ele é um biogás e sua energia pode (e já é) utilizada para o bem. Setenta por cento do gás natural utilizado como combustível é composto de gás metano. 

A novidade agora é um veículo totalmente movido a metano e New Holland saiu na frente produzindo o primeiro trator que funciona exclusivamente a metano. Ele chega prometendo (e cumprindo) a redução emissões de gases, talvez para deixar de ser vilão do efeito estufa e virar mocinho.

Além disso, seu desempenho, durabilidade e manutenção seguem a risca os modelos a Diesel.  Começou a ser testado em 2017 a partir do biometano que  é gerado pelo refinamento do biogás, considerado uma alternativa melhor do que o Diesel para o planeta. 

O lançamento oficial está aconteceu em Fevereiro em Cascavel/PR. Antes, alemães e italianos o viram e testaram primeiro, em Hannover e em Bologna, respectivamente.  Foi eleito o trator sustentável do ano, em 2022.

Aqui, ele chega importado e é fabricado na fábrica inglesa da New Holland em Basildon.  O sucesso em nosso país dependerá,  bastante, do preço final do trator e da sua durabilidade e consistência em solo bem mais rude do que o europeu – mas o biogás metano com redutor de emissão de gases é um bom e econômico começo.

fonte: https://revistagloborural.globo.com/Noticias/Empresas-e-Negocios/noticia/2022/02/trator-movido-biometano-chega-ao-mercado-brasileiro.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.